quarta-feira, 30 de março de 2016

Brasão de Armas do Corpo de Segurança Pessoal da PSP


Ordenação heráldica:

ESCUDO - de azul, uma espada antiga de prata entre dois ramos de louros de ouro reunidos em ponta; brocante uma cabeça de águia de ouro;
ELMO - de grades de prata, forrado de púrpura, a três quartos para a dextra; 
CORREIAS - de azul perfilada de prata; 
PAQUIFE E VIROL - de azul e de prata; 
TIMBRE - uma águia de ouro empunhando a espada do escudo, em pala; 
DIVISA - num listel de prata, ondulado, sotoposto ao escudo, em letras de negro, maiúsculas, de estilo elzevir: "PRONTIDÃO E LEALDADE». 

Simbologia:

A espada simboliza justiça e lealdade; 
A cabeça da águia recorda os seus atributos: alerta, audácia e prontidão; 
Os ramos de louros representam glória e mérito reconhecido; 
Os esmaltes significam: 
O ouro, fidelidade e vigor; 
A prata, humildade e verdade; 
O azul, zelo e bom senso.


De acordo com o mesmo diploma, é também aprovado o modelo do guião do Corpo de Segurança Pessoal da Polícia de Segurança Pública, o qual tem as dimensões de 0,75 m x 0,75 m e com a seguinte constituição:

Em cetim de seda e bainha contínua para enfiar em haste e a sua fixação é assegurada por dois cordões finos de seda da cor do estandarte (cinzento);
As figuras em aplicação nas duas faces correspondem à quadratura do escudo do brasão de armas;
Os extremos em contraste simbolizam a Polícia de Segurança Pública (PSP) e o Corpo de Segurança Pessoal (CSP);
Fundo de azul, uma espada antiga de prata posta em pala entre dois ramos de louros de ouro reunidos em ponta;
Brocante uma cabeça de águia de ouro; 
Haste tripartida em metal cromado; 
Bandoleira de cabedal.