terça-feira, 26 de agosto de 2014

Brasão de Armas do Comando Distrital da Polícia Municipal de Lisboa


Ordenação heráldica:

O CORONEL - é representativo da Polícia de Segurança Pública constituído por arco liso com virolas nos bordos superior e inferior, encimado por quatro estrelas de seis pontas, das quais três são aparentes. O intervalo entre cada duas estrelas consecutivas é preenchido por um falcão estendido, tudo de ouro.
ESCUDO - De ouro, com um barco, exteriormente de negro realçado de prata e interiormente de prata realçado de negro, mastreado e encordoado de negro, com uma vela forrada de bolsas de prata, popa e proa rematadas por dois corvos de negro, afrontados, leme de negro realçado de prata, assente num mar de sete faixas onduladas, quatro de verde e três de prata e bordadura gironada de negro e de prata.
DIVISA - Num listel de prata, ondulado, sotoposto ao escudo, em letras de estado elzevir, maiúsculas, de negro (PELA JUSTIÇA E POR LISBOA).

Simbologia:


O BARCO - A trasladação do corpo de S. Vicente – Padroeiro da cidade.
OS CORVOS - O acompanhamento de S. Vicente, durante a trasladação.
A BORDADURA - As cores da cidade.
O OURO - Vigor, poder e fidelidade.
A PRATA - Sagacidade e pureza.
OVERDE - Esperança e gentileza.
O PRETO - Constância nas adversidades, o senso e a cortesia.

Ordem de Serviço n.º 89, I Parte do Comando-Geral de 18 de Julho de 1989