sábado, 2 de agosto de 2014

Brasão de Armas do Comando Distrital de Évora



Ordenação heráldica:

O CORONEL - é representativo da Polícia de Segurança Pública constituído por arco liso com virolas nos bordos superior e inferior, encimado por quatro estrelas de seis pontas, das quais três são aparentes. O intervalo entre cada duas estrelas consecutivas é preenchido por um falcão estendido, tudo de ouro.
ESCUDO - de azul com quatro colunas romanas de prata lavradas a negro, assentes sobre uma muralha da mesma cor. Uma cabeça de veado de ouro afrontada, brocante, sobre as colunas e a muralha.
DIVISA - num listei de branco, ondulado, sotoposto ao escudo, em letras de estilo elzevir, maiúsculas de negro “VIGILÂNCIA E DEDICAÇÃO".

Simbologia:

AS COLUNAS - representam o templo, ex-libris da cidade de Évora.
A MURALHA - representam a protecção que as mesmas dão às cidades e vilas do Distrito, numa alusão simbólica a acção da PSP.
O VEADO - representativo da Deusa Diana, que deu nome ao templo existente na capital do Distrito.
A PRATA - significa pureza e bom senso.
O AZUL - significa lealdade e galhardia.
O NEGRO - significa obediência e firmeza.
O CASTANHO - significa força e verticalidade.
A DIVISA - de uma forma singela, mas cheia de significado, representa a missão de PSP.

Ordem de Serviço n.º 93, I Parte do Comando-Geral de 14 de Junho de 1983